Do fundo do Baú

Estava dando uma ajeitada no quartinho de bagunças, na papelada, revistas, livros do tempo do meu 2º grau ,e alguns já estão até desatualizados. Dentre tantas caixas encontrei até um caderno de poesias , do ano de 1994, onde eu escrevia a mão as poesias e versos tirados dos livros e recortava cenas românticas das páginas das revistas “Carícia’ e “Capricho”. Sem falar dos cadernos de confidências, aqueles que vc faz uma pergunta em cada folha, desde as perguntas mais inocentes como qual a sua cor preferida, até aquela pergunta direta “você gosta de alguém? Quem?”, só para saber as respostas do pretendente.

Foi bom relembrar o tempo de adolescência, uma nostalgia boa, que vai ficar para sempre na memória, porque os livros, cadernos e revistas tive que me desfazer, colocando na sacola do “Lixo que não é Lixo”… depois de todo esse tempo creio que vão ter mais valor sendo reciclados do que ficar encaixotado no quartiho escuro, pegando mofo.

No meio dos recortes, revista e jornais antigos, tipo aqueles que insistimos em guardar, porque um dia vai ser necesário ou interessante, encontrei algo que quero compartir aqui com vc, é esse aqui ó:

Aforismos desaforados, por Manoel dos Santos
Rascunho (Caderno especial no Jornal do Estado em dezembro de 2000)
* Ler os jornais com a impaciência de quem espera a mulher amada e tem a alma latejando de desejo.
*Nunca perder tempo com matérias políticas, nada nelas poderá manter acesa a chama da tua cobiça.
*Não procurar a notícia, mas o texto bem escrito.
*Procurar textos escritos com a bílis, são eles qu nos salvam da pasmaceria da notícia.

mas que também vai para a reciclagem.

Uma ideia sobre “Do fundo do Baú

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s