No divã com Martha Medeiros

capa diva final.qxd:Capa Diva

Sabe um daqueles livros que te prendem do início ao fim, e o pior, que dá a impressão que ele está te lendo?!
Pois é, “Divã”, livro da excelente escritora Martha Medeiros me deu esta impressão, e não pude deixar de ler enquanto não terminasse o último capítulo.

O livro conta a história de Mercedes, uma mãe, esposa (e ex-esposa), profissional, amiga, uma super mulher de quarenta anos que resolve fazer terapia para tentar se encontrar… Eu ainda não estou nos quarenta, mas me vi em muitas linhas da vida de Mercedes. Acho que as Mercedes nascem na adolescência e não tem idade para acabar…

Aqui algumas frases que merecem “high lights” :

#
“Não me sinto uma mulher como as outras. Por exemplo, odeio falar sobre crianças, empregadas e liquidações.”Gosto de falar da minha filha, detesto ficar ouvindo reclamação de que fulana nao fez direito, pq aí já virou fofoca… e liquidação… mmm só um pouquinho… pq é sempre bom economizar

#
Segui todos os mandamentos de uma boa menina: brinquei de boneca, tive medo do escuro e fiquei nervosa com o primeiro beijo.
Sim, sempre fui boazinha, nunca dei trabalho na escola, a CDF da primeira carteira… ainda tenhomedo do escuro, e o primeiro beijo fiquei muito nervosa, pois era com o menino dos meus sonhos e nada poderia dar errado.

#
“Adoro massas cinzentas, odeio cor-de-rosa”
Tem coisa mais “paty” do que rosa???

#
“Sou tantas que mal posso me distinguir. Sou estrategista, batalhadora, porém, traída pela emoção”
Eu tento ser racional…mas não consigo por muito tempo… mas eu tento…

#
“Minhas certezas não são assim, tão sólidas”
As certezas mudam conforme o vento.

#
“Vivo em busca constante, tento investigar, tudo o que me soa estranho, sigo atenta a cada emoção, não me acomodo nem me acostumo com coisa alguma”
Tenho faro investigativo que me levam para a cena do crime… se algo me incomoda, me faz duvidar, vou procurar pistas e chegar onde quero.

#
“Afagos”
Adoro essa palavra, ela soa aconchegante, até parece que vem com uma carícia nos cabelos…

#
“Numa imaginação que só quer me infernizar”
As vezes a imaginação fértil atrapalha a vida real…

#
“Pois conheço mulheres que tiveram mães presentes e isso não as tornaram mães melhores”
Isso me serve de consolo por não estar presente no momento…

#
“O breu me assusta, mas prefiro ficar sozinha a compartilhar momentos que não me inspiram”
Confesso que tenho medo do escuro… mas imaginação escura, isso é pior… muito pior…

#
“Sempre desprezei coisas mornas, as coisas que não provocam ódio nem paixão, as coisas definidas como mais ou menos”
“O que não faz vc mover um músculo, o que não faz você estremecer, suar, desatinar, não merece fazer parte da sua biografia”

Comigo não tem meio termo, meio sentimento… ou é 8 ou 80. ponto final.

#
“Mania de auto-suficiência”
Muitas vezes prefiro fazer algo sozinha, pq sei que vai ficar do jeito que eu gosto e quero.

#
“Ligeiramente atormentada, mas um tormento controlável e necessário”
Que emoção teria a vida, se não fossem os furacões?

#
“Minha fome que nunca foi de comida, mas de vivência”
“Tem sempre um lado da gente que não nasce e, mesmo assim, sobrevive”
Viver e não sobreviver.

#
“O dia está ensolarado demais para emoções desconcertantes”
Deixemos para as crises existencias para os dias de inverno, que tem mais charme… verão é prazer, alegria, férias…

#
“Outra carente existencial, outra vítima de Walt Disney, outro coração de farinha.”
É… Walt Disney enganou o universo feminino direitinho… pq só na fantasia dele os finais são felizes para sempre.

#
“Uma resposta simples era tudo o que eu queria, mas nada é simples quando a gente sai à caça da própria alma”
Desde que me entendo por gente estou nesta caçada e até hoje, nada…

#
“Guardo para mim as palavras que não me atrevi a pronunciar, os planos descartados e os fetos de mim mesma que abortei”.
Sem comentários… forte demais… prefiro continuar guardando minhas palavras…

#
“Leitura é uma consciência composta, a sua e a do autor se fundindo, leitura é quase uma pretensão, vc é um cumplíce reinventando verdades, confirmando-as, denegrindo-as… ”
Preciso dizer mais alguma coisa?

#
“A dúvida é, saberei ser infeliz sozinha?”
Sempre estamos em busca da felicidade inventada, e nos acostumamos a ser infelizes com todos ao redor… hein?

#
” A liberdade é atraente quando existe como promessa, mas nos enlouquece quando se cumpre”
Para tudo há um preço… a liberdade é uma das mais caras…

#
“Não sei o que fiz disso que chamo de vida.”
O tempo vai passando como num relâmpago e os planos e metas vão ficando, perdidos… cinco anos é muito tempo…

#
“Por enquanto sigo alternando sobriedade e embriaguez emocional”
Já que o alcool não faz parte da minha vida… me embriago é de emoções… talvez esteja na hora de começar a beber.

#
“Não gosto de nada que é raso, de água pela canela. Ou mergulho até encontrar o reino submerso de Atlântida, ou fico à margem, espiando lá fora. Não consigo gostar mais ou menos das pessoas”
Lá vem o 8 ou 80 de novo… mas o que posso fazer se sou assim, não consigo ser diferente, já tentei, mas eu soo falsa demais para mim mesmo, e isso não suporto. Sou fácil de conquistar, mas se a sua “energia” não bate com a minha desde a primeira vez, aí não tem jeito… não vou mudar de idéia e nem fazer caras e bocas para agradar, mesmo que façamos parte do mesmo grupo de amigos.

#
“Duas amigas e uma tarde livre é o paraíso.”
Fá e Hoeide, morro de saudade de voces!!!

#
“Criando o meu próprio conceito do que é certo ou errado. Pior, achando que tudo está certo, inclusive o errado. ”
Direito de opinião, oras bolas…

#
“Eu sou movida a energia solar.”
Sou do dia, do acordar cedo, aproveitar bem cada hora… não é a toa que começo a trabalhar às 5horas da matina.

#
“Saudades inflamáveis”
Hoje já aprendi a lidar com a saudade, mas no início quase morria queimada…

#
“As pessoas boas e generosas sabem como fazer um belo rocambole com a mentira e com a verdade, deixando tudo com o mesmo gosto. Eu não.”
Não sei mentir… pq quando minto, nao engano o outro, e sim a mim mesma… não há coisa mais repugnante do que mentira e traição.

#
“Só sei de que de lábio em lábio fui aprendendo que o amor não merece um beijo que não seja, no mínimo, indecente”
Beijo beijo beijo beijo… quanto mais indecente melhor!

#
“Sofrer não é romântico, é terapêutico.”
O sofrimento nos faz aprofundar em nós mesmso… nascem poemas, reavivamento…

#
“Sozinha a gente apenas se preserva. A nossa existência, para valer, só se confirma através dos outros.”
Solidão é boa apenas para tempo determinado… que não exceda muito.

#
“Meu caixão terá que ser do tamaho do meu corpo, não haverá lugar para minha teimosia ou devaneios”
Se não teria que ser cremada, pois faltaria espaço…

#
“Tudo é acerto, principalmente quando se está mais perto do fim do que do começo.”
E se ainda não deu certo, é porque não acabou.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s