Carteira de motorista na mão

fldriveFinalmente depois de muiiiiiiiito tempo consegui tirar minha carteira de habilitação!!!
Muitos anos e provas práticas se passaram desde o Detran de Curitiba até que eu conseguisse ser motorista, mas isso já é uma outra história…

Enfim, se você esta na Flórida e pretende ficar mais de seis meses é muito importante que você tenha seu próprio carro, porque o transporte público aqui é totalmente escasso e certamente você não vai querer andar “trocentas” milhas até o ponto de onibus mais próximo e além disso ainda ter que esperar, pois o coletivo passa de hora em hora.

Bicicleta? Só se a estação do ano for outono ou inverno, pois o calor é insuportável e você corre o risco de derreter antes mesmo de virar o primeiro quarteirão. Com criança então, nem pensar!!!!

Sendo assim, eu não tinha outra opção a não ser dirigir, afinal de contas ainda não tenho um “Jarbas” que me leve daqui para ali na hora que eu bem quiser. Fui obrigada a deixar os medos psicológicos de lado e lá fui eu rumo a independência automobilística.

Mas vamos ao que realmente interessa: como tirar a carteira de habilitação aqui na Flórida.

São considerados residentes aqueles que já estão vivendo no local seis meses ou mais.
Antes de marcar o teste, é necessário ter o visto de estudante ou de trabalho, além de dois documentos com foto e dois comprovantes de residência, pois estes são os requisitos que você terá de apresentar no guichê. Ah, e você precisa ir com o seu carro, pois o local não disponibiliza de veículos para o teste prático.

O exame teórico e prático são marcados online pelo site Florida Highway Safety and Motor. Os dois podem ser agendados no mesmo dia desde que tenham uma janela de no mínimo 45 minutos entre um e outro.

O conteúdo da prova teórica esta no próprio site, no handbook, mas eu preferi estudar fazendo os testes do Driving tests, achei menos entediante que o handbook.
É importante citar que menores de 18 anos precisam apresentar o comprovante do teste de Drogas e Álcool. Mesmo sendo maior eu fiz o teste, pois alguém disse que como era primeira carteira eu precisaria ter este comprovante. Foram quatro horas de teste online.

No dia da prova, chegue com 15 minutos de antecedência e com todos os documentos em mãos. Vale a pena lembrar que se você não tem a carteira de motorista do Brasil em mãos, você não pode chegar dirigindo o seu carro e vai precisar que alguém habilitado te leve até o local da prova.
Sei que isso parece óbvio, mas acontece…

Assim que estiver sendo atendido no guichê e apresentar todas os comprovantes de residência no país, ali mesmo vão te fazer um exame de vista “express” e vão tirar uma foto.
Depois de tudo certinho, você será encaminhado para fazer o teste teórico. É eletrônico e o monitor é touch screen.
São 50 perguntas. Você tem que acertar 40 e só pode errar 11 no período de uma hora. Todas são múltipla escolha e caso você não saiba, pode “pular” para a próxima. Mas atenção, todas as perguntas que você der um “skip”  voltarão no final.

Assim que as 40 perguntas são respondidas corretamente,  o computador te parabeniza e você já pode voltar ao guichê para finalizar esta etapa e seguir para a próxima, a do teste prático.

Passe novamente no check in para pegar a senha do proximo atendimento.

Senha na mão, o atendente verifica sua documentação novamente, te dá um papel com as instruções de como será o proximo teste.

A prova prática é bem simples se compararmos com a prova do Brasil.
Junto com os papeis que você recebeu no guichê após completar a prova teórica, você pega seu carro e vai para a fila da próxima prova.
O avaliador se aproxima, verifica os documentos e pede para checar as lanternas, pisca alertas, freios e prepare-se, pois ele será seu passageiro nos próximos minutos.
Assim que ele entra no carro já vai logo avisando o que vai pedir para fazer e deixa bem claro que não há “pegadinhas”.  E lá vamos nós dirigir no pátio próprio para isto, pois aqui não vamos para o transito de verdade junto com os outros carros.
Ele pede para fazer uma balisa, um espaço gigante diga-se de passagem, depois pede para acelerar até 20milhas e fala para parar com suavidade. Dirijo mais um quarteirão, faço uma ré, dou meia volta como ele pediu e pronto!!!! A ultima ordem foi para estacionar.

Quando descemos do carro ele me mostra a prancheta, comenta sobre os erros cometidos e me pergunta quem é o vice presidente da America.
“Sorry! Não acompanho a política”, respondi… ele riu, disse o nome da pessoa que nem me lembro mais quem é, pois só pensava no resultado da minha prova. Ele sorri e diz “Congratulations”, you passed”.
Só alegria!!! Voltei correndo para o guiche, entreguei o resultado do meu teste e tirei mais uma foto.
A mocinha verificou uns documentos, fez umas perguntinhas e disse para eu aguardar que logo me chamariam pelo nome.

Mal deu tempo de eu sentar e já me chamaram para eu pegar a minha “drive licence”

Com o documento na mão já pude sair de lá dirigindo e agora posso dizer, com orgulho, que sou motorista.

Uma ideia sobre “Carteira de motorista na mão

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s